Mark Ruffalo dancing Girl Gone Wild.
Hey-ey-ey Hey-ey-ey

Mark Ruffalo dancing Girl Gone Wild.

Hey-ey-ey Hey-ey-ey

foo-d-fighter:

He’s my favorite #TheAvengers #MarkRuffalo (Taken with instagram)

foo-d-fighter:

He’s my favorite #TheAvengers #MarkRuffalo (Taken with instagram)

Domingo foi uma ~merda mas  E DAÍ, a semana ainda vai piorar!

E quando você achar que todas as forças se esgotaram, que o fim chegou: lembre-se daqueles que tantas vezes secaram suas lágrimas e te fizeram sorrir. Sempre há mais no coração de quem luta e sonha.

(via umadosedemim)

Falando de mim, de você e de todo o resto.

Tenho pensado ultimamente na forma violenta como lidamos com as opções que nos desagradam. Pensava que com as intenções certas e bem marcas, as relações amorosas pudessem ser diferentes, pudessem com o tempo, com o capricho, com o zelo, e, principalmente, com a vontade, estabelecer, construir, solidificar e, por fim, até nascer/surgir o esperado amor. Mas o amor é encarado hoje de uma forma que a Clarice Lispector em A Paixão Segundo G.H.  perfeitamente conceituou assim:  “Meu amor, é assim como o insípido néctar - é como o ar que em si mesmo não tem cheiro. Até então meus sentidos viciados estavam mudos para o gosto das coisas. Mas a minha mais arcaica e demoníaca das sedes me havia levado subterraneamente a desmoronar todas as construções.”  

   Arrasadoramente Lispector esclarece a magnitude de nossa ferocidade em ser feliz a qualquer preço e de pagar amargamente pela desconstrução de tudo que tem valor verdadeiramente sentimental.

   Ávidos para sermos alçados do sentimentalismo romântico, tônica de toda geração recem-passada, para uma relação mais imediata com o prazer objeto; o que vemos hoje é o proselitismo para um relação objeto-usuário. Falando em desejo,  Friedrich Nietzsche, em uma de suas máximas, diz que “Amamos mais o desejo do que o objeto desejado”. Isso sintetiza irrefutavelmente o pensamento moderno de hoje. As relações pós modernas são pífias pelo fato de já começarem de uma forma onde o passado e o futuro não importa, o prazer ensopa o instante e, por isso tudo são tão rápidas quanto o gozo delas.

   Queremos dinheiro, prestígio, vencer! Tempo é uma coisa cara e só gasto em coisas que dão de alguma forma lucro. Ser romântico é um anacronismo. Concessão é sinônimo de fraqueza, de perdedor. Perdoar então… Até onde isso leva e o que ganharemos com toda essa objetividade e pressa eu não sei. Só sei que tem muita gente já colhendo os frutos do germe plantado. E sabe que gosto tem o fruto? De vazio.

   Vou contar um segredo do qual não me orgulho: semeei muito dos germes do desejo, muitas vezes brinquei com a paixão, tinha a necessidade de seduzir e de logo em seguida sentir dor, frustração; mas era tudo um truque infeliz de alguém mais infeliz ainda que, ao fundo, só queria ter a experiência de ser desejado de várias formas.

   Não me dava conta de que todo esse jogo de emoções de nada me serviria, embora fosse através dele que me alimentasse, era um engodo. Pois, na hora que mais precisei, na hora que estive cara a cara com aquele que é a obra-prima dos engenhos do sentir, me vi estupidamente indefeso, um imbróglio sem saída. E sem armas, não pude evitar meu desespero. Mas me diga: qual arma seria capaz de neutralizar seu doce sorriso…?

   Para NADA existe resposta. A magia que cada um de nós temos, que atrai alguém, é um mistério. A vida é um mistério!

 André Neto.

(Source: facebook.com)

Desejos para quem se ama

Desejo que sua vida inteira seja abençoada, cada pequenino trecho dela, em toda sua extensão. Que casa bênção também as pessoas que ama e seja tão vasta que leve abraço a outros tantos seres, sobretudo áqueles que mais sofrem, seja lá por que sofrem. Desejo que os nós que apertam o seu coração sejam gentilmente desatados e que os sentimentos que os formaram se transformem na abertura capaz de criarbelos laços de afetos. Desejo que seu melhor sorriso, esse aí tão lindo, aconteça incontáveis vezes pelo caminho. Que cada um deles cante uma luz, mesmo que ninguém perceba, amacie um bocadinho as durezas do mundo.

Desejo que volte para seu mar quantas vezes forem necessárias até encontrar o seu tesouro. Que quando encontrá-lo, não seja avarento. Que descubra maneiras para compartilhar a sua felicidade, o jeito mais gostoso para se expandir riqueza. Desejo que quando os ventos da mudança ventarem mais forte, e sentir medo de ser carregado junto com tudo o que parecerem arrastar, você já conheçam o lugar onde nada pode arrastá-lo. Que já saiba maneiras de respirar mais macio, quando as circunstâncias lhe encurtarem o fôlego. Que com o passar do tempo, a sua alma se torne cada vez mais maleável, mas que seja firme o bastante para nunca desistir de você.

Desejo que tudo o que mais lhe importa floreça. Que casa florescimento seja tão risonho e amoroso que atraia os pássaros com seu canto, as borboletas com suas cores, o toque do sol com seu calor maisterno, e a chuva que derrama de nuvens infladas de paz. Desejo que, mais vezes, além de molhar só os pés, você possa entrar na praia da poesia da vida com o coração inteiro e brincar  com a ideia que cada onda diz. Que, ao experimentar um caixote ou outro, não se arrependa por ter entrado na água, nem desista de brincar. Todo mundo experimenta um caixote ou outro, ás vezes um monte deles, quando se arriscar a viver. O outro jeito é estar morto. O outro jeito é não sentir.

Desejo que não tenha pressa que esqueça de colher estrelas com os olhos, nas noites em que o céu vira jardim, e levar para plantar no seu coração as mudas daquelas mais luzentes. Que tenha sabedoria para encontrar descanso e alimento na coisas mais simples da vida. Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você, sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova, apesar de cenário aparetemente costumeiro. Que tenha saúde no corpo, saúde na alma, saúde á beça.

Desejo que encontre maneiras para ser feliz no intervalo entre o instante em que casa dia acorda e o instante em que ele se deita pra dormir, porque a verdade é que a gente não sabe se tem o outro dia. Que quanto mais passar a sua alma a limpo, mais descubra, mais desnude, mais partilhe, com medo cada vez menor, a beleza que desde sempre você é. Que se sinta livre e louco o bastante pra deixar a sua essência florir.

Não importa quanto tempo passe, não importa onde eu esteja, não importa onde esteja você, abra os olhos pra dentro e ouça: o meu coração estará dizendo esta mesma prece de amor para o seu. Amor incondicional,  exatamente como neste instante. Não importa o quanto a gente mude, o que a distância aparente nos afastar, isto que sinto por você , eu sei, não muda nunca mais.

O dia não é o melhor mas a vida continua… A vida é feita de idas e vindas do amor, da felicidade, de tudo; o jeito é nos acostuma com isso. =/

Se eu soubesse que aquela era a última vez que estava te beijando… eu nunca teria parado.

(via umadosedemim)

Feliz Ano Novo!

Fogos, luzes, abraços, amigos, beijos, família, sorrisos, lágrimas Velhas promessas, novas esperanças, Lembranças de momentos felizes, Lembranças daqueles que amamos e que, por alguma razão, não estão conosco, Silêncio, em honra daqueles que natureza chamou, Instante de compartilhamento da dor das famílias, Instante de desejar que as feridas sejam rapidamente cicatrizadas, Que as lágrimas de cada uma dessas pessoas Sejam beijadas por anjos no Ano Novo.

Natal de merda

 

Aquele velhinho sempre povoou os meus sonhos!

Ao acordareu olhava e não o via…

saco de brinquedos era minha adoração!

Ao acordareu procurava e não o encontrava.

sapatona janelacontinuava vazio

Em cada aniversário deleeu sonhava e buscava.

os sinos repicando na torre da Igreja

Blém - blomblém-blom… blém-blom

Pareciam me dizerdesilusãodesilusãodesilusão

O tempo foi passando, a dor eu acalentando,

Até que entendi que o brinquedo era simbólico

Que o velhinho não existia

que eu não iria ganhar presente algum.

Daí tomei raiva do Papai Noel

Espero que seu Natal seja melhor que o meu

Feliz Natal!